terça-feira, 27 de setembro de 2011

ATENÇÃO: CFAQ II M com inscrições abertas em POA

Recebi a informação hoje que há curso CFAQ II M para cozinheiro e taifeiro em Porto Alegre, até o dia 29/09

Se você está afim de embarcar e possui cursos de cozinha ou taifeiro, aproveite a oportunidade.

sábado, 17 de setembro de 2011

Governo novamente fazendo o povo de palhaço!

Infelizmente mais uma vez o governo brasileiro está fazendo o povo de palhaço.

A presidentA decretou o aumento de IPI em 30 pontos percentuais nos veículos importados.

A desculpa esfarrapada é de que há grande estoque de veículos nacionais que não competem com os importados, especialmente os chineses, indianos, que são de custo menor que os nacionais.

Até concordaria com esta medida, desde que desonerassem os impostos em igual proporção para os produtos brasileiros. Não querem incentivar a venda do produto nacional? Então que usem o importado para subsidiar o nacional reduzindo em igual proporção o imposto deste.

Alguns meses atras fiz umas comparações de preços cobrados no Brasil com os preços cobrados no exterior, a diferença é ridícula.

Confiram no link: http://www.wbat.com.br/2011/04/petrobras-melhor-empresa-petrolifera.html

"Ilustrando novamente, vamos pegar o exemplo do novo modelo do Ford Fiesta (New Fiesta) que tem preço inicial, de acordo com a ferramenta "monte o seu" no site da Ford, de R$ 50.700. Este mesmo veículo possui valor inicial nos Estados Unidos de US$ 13.320, ja incluindo impostos e lucro da Ford e do revendedor. Calculando estes 13.320 a taxa de cambio de 1,8 (bem acima da real hoje) temos praticamente R$ 24.000."

Não sei se vocês lembram, mas o celta quando foi lançado custava por volta de R$ 14.000, o KA na faixa de R$ 11.000 (http://pt.wikipedia.org/wiki/Ford_ka).

Mesmo com esses preços, pagamos muito pelo produto que nos é oferecido, mas seria mais justo do que os 25 ou 30 mil reais que as montadoras vendem hoje.

Infelizmente o Brasil vai continuar assim por um bom tempo ainda!

O povo deveria fazer uma "greve de carro zero", gostaria de ver como o mercado reagiria se ficassem 2 ou 3 meses sem vender carros novos, ou que pelo menos as vendas diminuissem pela metade, quem sabe o governo e as montadoras se mexessem para mudar esta situação!

abraço e bom final de semana

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Mas então, o que é o CFAQ?

Muita gente ouve falar sobre cfaq, curso da marinha, cefaq, cefaqui, moc, mom, mac, moço de maquinas, conves, marinheiro, auxiliar de marinheiro e fica com dúvidas sobre o que são tantos nomes.

Vou tentar explicar.

CFAQ (não é cefaqui nem cefaq, é CFAQ) é o Curso de Formação de Aquaviários, ministrado pela Marinha do Brasil.

Um dos locais onde se ministra este curso é a Delegacia da Capitania dos Portos em Itajaí, também chamada de Delitajai.

O CFAQ divide-se basicamente em 3 cursos distintos, o CFAQ-E, CFAQ-P e o mais procurado que é o CFAQ-M. O primeiro, também chamado de "módulo especial", "possibilita o ingresso na Marinha Mercante e destina-se a formar tripulantes para embarcações de pequeno porte", de acordo com o próprio site da delegacia. Ai incluem-se barcos de banana-boat por exemplo. O segundo forma profissionais para a Pesca (CFAQ-P) e o terceiro para o grupo dos marítimos.

Hoje, dia 15/09, teve início mais uma turma deste curso, o CFAQ-M, na DELITAJAÍ, estando à frente do curso excelentes pessoas, como o Capitão Valdecir e o Comandante Eduardo e o Tenente Afonso.

O que se aprende durante o curso cfaq?

O curso é dividido em várias matérias, como arte do marinheiro, ou marinharia, meio ambiente, combate a incendio, curso de primeiros socorros, sobrevivência no meio aquaviário, controle de avarias, entre outras que postarei em outro momento.

Algumas matérias, acredito que sejam comuns aos outros cursos, como por exemplo marinharia, onde já cursei durante o CFAQ-E, quando fui habilitado como MAC.

O curso é composto de 455 horas/aula, totalizando 65 dias de curso (dias efetivos, no total são 3 meses).

Hoje, por exemplo, tivemos a primeira aula de marinharia e meio ambiente.

Em marinharia, o nobre instrutor Firmino, ensina por exemplo sobre nomenclatura das embarcações (proa, popa, bordos, costado, calado, etc), manobras da embarcação como fundear e suspender, acessórios de convés, luzes e marcas e navegação.

Já em meio ambiente o assunto é mais voltado ao ambiente marítimo, que é o meio onde o futuro moc ou mom irá exercer sua profissão como marítimo. Ali é ensinado sobre bacias hidrográficas e fluviais, aulas sobre nosso litoral, meteorologia, a biodiversidade, prevenção e poluição e os aspectos econômicos do meio aquaviário. Esta matéria é ensinada pelo professor Agostinho, com vasta experiência na questão de meio ambiente e também na pesca.

Tão logo quanto possível, posto mais informações para você que, assim como eu, sempre procurou informações mais detalhadas sobre o CFAQ e a profissão de aquaviário.

Não deixe de visitar o http://www.blogmercante.com/, onde sempre consegui excelentes informações sobre esta área.

Abraço

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Univali divulga hoje o resultado preliminar

Está previsto para hoje após as 18 horas a divulgação do resultado preliminar para o concurso da Defesa Civil de Itajaí.

Boa sorte aos candidatos!

Fonte: Univali

sábado, 10 de setembro de 2011

Resultado Concurso Defesa Civil

Infelizmente a Univali ainda não divulgou o resultado do concurso da Defesa Civil de Itajaí (2011).
Acredito que devido aos problemas da enchente ocorridos na cidade, apensar de que durante a manhã de sexta feira, a Univali estava com expediente.

Vamos aguardar que saia na próxima segunda feira, será?

Abraço

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Teste de Suficiência Fisica - Natação - CFAQ II/III

No último dia 06/09 aconteceu o teste de suficiência física para o CFAQ 2/3 M de Itajaí.

Para quem pretende fazer o curso nas próximas edições, adianto que o teste não é muito complicado, desde que o candidato tenha um pouco de condicionamento físico e saiba nadar.

O teste consiste em duas etapas:
1º - nadar 25 metros, sem limite de tempo. No caso da piscina do corpo de bombeiros de Itajaí, onde esta possui 25 metros, o candidato sai de uma extremidade da piscina até a outra.

2º - permanecer 10 minutos flutuando, sem poder tocar nas bordas, no fundo ou na raia da piscina durante o teste. Durante este tempo o candidato pode nadar ou boiar. O tempo parece não passar de forma alguma e o exercício fica bastante cansativo, principalmente após 5 minutos, mas nada que seja impossível de ser feito com um pouco condicionamento.

Durante o teste de suficiência física, dos quase 50 candidatos presentes, vi apenas um que não passou na primeira etapa e dois que não concluiram a segunda etapa.

Quem não sabe nadar, aconselho investir em aulas de natação alguns meses antes da prova, para não correr o risco de passar na prova escrita, que é o mais difícil, para então ser reprovado no teste físico.

Gostaria ainda de lembrar que no próximo dia 13 de setembro haverá novo teste de suficiência física, porém agora para os candidatos aos cursos:
* CFAQ-E - módulo especial (POP, MOP, MAC, MAM e APP);
* CFAQ-II/III-P - Pescadores (PEP e CMP).
Abraço e boa sorte aos próximos candidatos.